Make your own free website on Tripod.com
XIV Copa do Mundo da FIFA - 1990
Michel Preud'Homme
Home

preudhomme_m_19900626_gh_l.jpg

 
Michel Georges Jean Ghislain Preud'homme (Ougree, 24 de Janeiro de 1959) é um antigo goleiro da Bélgica, Preud'homme defendeu sempre a camisa 1 tanto nos clubes que passou como na seleção, camisa essa que lhe pertencerá sempre, ele que foi dos grandes jogadores mundiais e um dos melhores goleiros da história do futebol de todos os tempos.
 

Preud'homme chegou ao Standard Liège com apenas 10 anos e lá fez toda a sua formação de jogador, chegando à equipe profissional na temporada de 1977/1978. Pelo Standard Liège, Preud'homme foi Bicampeão Belga (1981/1982 e 1982/1983). No ano de 1986, Preud'homme transferiu-se para o KV Mechelen clube onde viria a conquistar o seu grande titulo Europeu a Recopa Européia de 1987/1988 com a vitória por 1 a 0 contra o Ajax. Após a Copa do Mundo FIFA de 1994 Michel transferiu-se para Portugal, para o Benfica pela mão do Presidente Manuel Damásio, foi mesmo o primeiro goleiro estrangeiro a defender as redes do clube de Lisboa. É certo que Preud'homme não foi campeão pelo Benfica, "Tenho pena de não ter sido campeão pelo Benfica." confessou, mas foi um jogador que marcou a história do clube sendo mesmo apelidado pelos torcedores encarnados como Saint Michel pelas defesas impossíveis e pelas vitórias que segurou nas mãos, venceu a Taça de Portugal de 1995/1996, na vitória do Benfica por 3 a 1 contra o Sporting.

Pela seleção nacional da Bélgica, Preud'homme contabilizou 58 partidas internacionais, entre 1979 e 1995, estreou num empate contra a Alemanha Oriental em Abril de 1978, mas não esteve presente na Euro 1984 e na Copa do Mundo de 1986 devido a problemas que o deixaram fora das convocações. O ponto alto da sua carreira internacional pela seleção foi a Copa do Mundo FIFA de 1994 onde após fazer uma boa primeira fase, a Bélgica de Preud'homme foi eliminada nas Oitavas de Final pela poderosa Alemanha. Apesar disso ele veio a conquistar o Troféu Lev Yashin de melhor goleiro.

Preud'homme retirou-se do mundo do futebol em 1999, com 40 anos de idade numa partida amistosa contra o Bayern München onde foi substituido por Carlos Bossio. Os 80.000 torcedores que enchiam o Estádio da Luz ficaram alheios ao jogo que prosseguia para aplaudir de pé e aclamar Preud'homme, enquanto ele deu uma volta gloriosa pelo estádio com a sua mulher e filhos. Era o fim de uma grande carreira.

Ainda no Benfica Preud'homme assumiu a convite do Presidente João Vale e Azevedo, o cargo de Diretor de Relações Internacionais do clube. Em 2000 partiu de novo para o Standard Liège, clube de coração onde desempenhou o cargo de treinador e diretor desportivo. Atualmente é treinador do Standard Liège, onde em Agosto de 2006, substituiu Johan Boskamp. Conduziu a equipe ao título na edição de 2007/08 do campeonato belga, encerrando um jejum de 25 anos do Standard (e de uma equipe da Valônia, a parte francófona e menos desenvolvida da Bélgica) no torneio.

volta à página inicial